Romaria de Bom Jesus da Lapa será reconhecida como patrimônio imaterial da Bahia

Romaria de Bom Jesus da Lapa será reconhecida como patrimônio imaterial da Bahia

A Câmara de Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Natural da Bahia (CPHAAN) do Conselho Estadual de Cultura (CEC) votará nesta quinta-feira (04) o reconhecimento da tradicional Romaria do Bom Jesus da Lapa como patrimônio imaterial da Bahia. Segundo o presidente da CPHAAN, Táta Ricardo, a validação é certa, pois é preciso reconhecer a peregrinação de devotos ao santuário como especial, uma vez que é a maior romaria da Bahia, do Nordeste e terceira do Brasil, sendo, ainda, considerada a maior festa popular no estado depois do Carnaval, recebendo mais de 2 milhões de turistas por ano, sobretudo entre 28 de julho e 6 de agosto, quando ocorre a programação oficial da manifestação religiosa. “A intenção é proteger para que não sofra nenhum tipo de ruptura, dano ou perda em sua própria identidade. Já é algo mantido na fé dos romeiros. O processo de registro especial, além de valorizar e reconhecer, visa a proteção da manutenção por toda vida. A Câmara, para além do registro, recomenda ao estado que […] efetive processo de tombamento por todo conjunto arquitetônico do patrimônio físico e natural que compõe o Santuário de Bom Jesus [gruta que deu origem à tradição]”, disse Táta Ricardo.

Vinny Publicidade com foto - reprodução/redes sociais