Número de casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil sobe para seis

Número de casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil sobe para seis

Aumentou para seis o número de casos suspeitos de varíola dos macacos no Brasil, informou neste sábado (04) o Ministério da Saúde. Até agora, não há casos confirmados no país. Existem dois casos em investigação em Rondônia, um no Mato Grosso do Sul, um no Rio Grande do Sul, um no Ceará e um em Santa Catarina. Todos os pacientes estão isolados e sendo monitorados. “O governo federal segue reforçando a política de testagem para que possamos otimizar a confirmação diagnóstica da doença. Gostaria de trazer tranquilidade para a população brasileira, porque o governo está vigilante e atento. O Brasil está preparado para atender nossa gente”, disse o ministro Marcelo Queiroga em uma rede social. Com medo de que a população ataque os macacos caso a doença chegue de fato ao Brasil, o Ministério da Saúde tem usado o nome em inglês, “monkeypox”. Até agora, 813 casos de varíola dos macacos foram confirmados em 30 países. Há 30 casos sob investigação em todo mundo. Os principais sintomas da doença são febre, erupções na pele e aumento dos gânglios linfáticos. Para se precaver, a sugestão é usar máscaras e lavar as mãos. O ministro Queiroga disse em entrevista à Folha de S. Paulo que estuda comprar vacinas contra a varíola para alguns grupos específicos, como profissionais que lidam diretamente com os casos e pessoas que moram em áreas de fronteira.

Vinny Publicidade com foto - CDC/Divulgação